Coletivo cria uma peça por semana para Casa Rio

O Clube da Cena in Loco – Dramaturgia do Espaço, oitava edição do projeto de nova dramaturgia e encenação Clube da Cena, vai criar peças especialmente para os cinco ambientes da Casa Rio, Rua São João Batista, 105, Botafogo, Rio de Janeiro.

Será criada uma nova peça por semana, sempre partindo do espaço físico como elemento de criação.

Os autores receberão semanalmente fotos de cada um dos cinco ambientes da Casa Rio (varanda, sala, cozinha, pátio interno e banheiro) e terão uma semana para criar uma cena, cada, inspirada no espaço recebido. Os diretores e atores também terão apenas uma semana para levantar os textos recém escritos, e adequá-los ao ambiente recebido. Os músicos também vão compor em uma semana músicas especialmente para os textos escritos.

Ao final do processo, o público poderá assistir, às 20h de segundas-feiras, de 27 de novembro a 18 de dezembro, ao espetáculo criado, que terá uma cena acontecendo, em sequência, em cada um dos cinco cômodos da casa. Toda semana haverá uma nova estreia.

É uma gincana teatral que propõe uma dramaturgia do Espaço, utilizando o cenário e a iluminação disponível em cada ambiente, para apostar num teatro hiper-realista e fora da caixa preta. A ideia é proporcionar uma experiência diferenciada ao espectador.

O Clube da Cena é um coletivo de cerca de 50 artistas entre atores, autores, músicos e diretores que se reúne a cada um ano ou dois para criar e estrear uma nova peça por semana ao longo de dois meses, através do sorteio de equipes de trabalho. Toda noite é uma estreia, com apresentação única. Uma verdadeira gincana teatral.

O Clube começou em 2008 e por ele já passaram os maiores nomes da nova dramaturgia carioca, como Jô Bilac, Fabio Porchat, Leandro Muniz, Renata Mizrahi e Rodrigo Nogueira, além de grandes comediantes, como Luis Lobianco (Porta dos Fundos) e Mariana Santos e profissionais tarimbados como a diretora Susanna Kruger, o palhaço Márcio Libar, entre outros. Desde sua criação, já foram criados e encenados cerca de 300 novos esquetes de teatro que estão armazenados em nosso banco de textos, além de cenas que podem ser vistas no YouTube, constituindo um importante acervo de nova dramaturgia.

A cada temporada um novo estímulo serve como inspiração para a criação das cenas. Já foram criados textos inspirados em temas (como amor e inveja), em manchetes de jornal, em músicas dos grandes nomes da MPB, em postagens das redes sociais, em ditados populares, e esse ano o estímulo é o espaço, os cinco ambientes da casa aonde acontecerão as cenas.