Museu do Ingá recebe mostra “Terras Fluminenses”

A mostra “Terras Fluminenses”, em exibição no Museu do Ingá até 13 de janeiro de 2019, convida o visitante a um passeio pelas paisagens do estado do Rio de Janeiro, a partir do olhar de pintores como Antonio Parreiras, Jean-Baptiste Debret, Eliseu Visconti e Nicolas Antoine Taunay. São cerca de 80 obras, com destaque para as regiões-tema: Rio de Janeiro, Niterói, Baía de Guanabara e Cidades Fluminenses – do litoral às serras. É a pela primeira vez que são reunidos numa mesma mostra quadros dos acervos da Casa da Marquesa de Santos, do Museu Antonio Parreiras e do próprio Museu do Ingá, que compartilham a curadoria da exposição, realizada pela Secretaria de Estado de Cultura/FUNARJ, às quais as três instituições são vinculadas. A entrada é franca.

As imagens, produzidas, em sua maioria, entre o século XIX e a primeira metade do século XX, revelam paisagens bucólicas do Rio de Janeiro, como a comunidade de pescadores às margens do rio Jequiá, na Ilha do Governador, e a passagem do trem da Estrada de Ferro D. Pedro II sobre a ponte do Rio Piraí. Quem for ao museu ainda pode para participar do jogo “Trajetórias”, de curiosidades sobre a exposição e as regiões fluminenses.

Destaque merece ser dado às telas em grande formato assinadas por Emeric Macier, incluindo o painel “Crônicas do Rio”, realizado em seis seções. No hall de entrada do museu também é possível conhecer as cinco telas do pintor carioca Luiz Felippe Christophe (1883 – 1963), recentemente doadas pelos diplomatas Alcides da Costa Guimarães Filho e René Haguenauer ao Museu Antonio Parreiras.