A luta feminista de “Camille Claudel-Uma Mulher” no Teatro Rogério Cardoso

Teatro

Artista genial, que não teve reconhecimento em vida e passou 30 anos reclusa em hospitais psiquiátricos, a francesa Camille Claudel é homenageada em novo espetáculo, que faz um paralelo de sua trajetória de abuso emocional com as lutas feministas da sociedade contemporânea.

A pesquisa para  a peça partiu de cartas da artista aos familiares e laudos encontrados por sua sobrinha-neta, Reine-Marie Paris, no Centro Hospitalar de Montfavet, atestando que Camille estava apta a voltar para casa e retomar o convívio com a sociedade. Esses laudos ficaram escondidos a pedido da família Claudel e ela continuou internada até a sua morte, que completa 75 anos neste mês de outubro.

A partir da revelação, a dramaturgia faz um resgate da vida e da carreira da artista, que é considerada pelos críticos de arte e escritores como um gênio da escultura, mas, até hoje, é mais associada pelo relacionamento que teve com o também escultor Auguste Rodin do que à sua importante produção.

Autoria: Sandra Calaça

Direção: Caique Botkay

Elenco: Sandra Calaça e Clara Melo

Dias da semana: Sexta, Sábado, Domingo

Elenco Quando Ingressos Endereço