“Alice e Gustavo”, uma relação improvável no Teatro Glaucio Gill

Drama

Alice, casada, mãe de dois filhos, dona de casa e evangélica, pretende manter-se fiel aos seus princípios ate o fim. Seu marido é funcionário do Banco do Brasil e foi transferido pra Portugal. Gustavo é dono de uma banca de jornal em Portugal, de onde nunca saiu, também nunca encontrou um bom parceiro para dividir a vida, sonha em encontrar um bom marido, casar, adotar filhos, comprar um cachorro e viver feliz para sempre. Nesse contexto de carência e solidão, os dois personagens vão se encontrar e construir uma relação de amizade, ódio e amor tão improvável e contraditória quanto às histórias das quais ouvimos falar no nosso mundo real, fora dos livros, das telas e palcos.

Há uma semana que Alice, evangélica e dona   de casa, saiu de Laranjeiras para viver em Niterói com sua família. No início de um ataque de pânico, conhece Gustavo, dono de uma banca de revista, solitário e gay.

Ela desconfia de que está sendo traída,  ele desconfia que deixou de ser amado. Entre trufas, revistas, ataques de respiração e fricotes, o tempo passa e eles se tornam amigos, amantes e inimigos.

Autoria: Carol Loback e Rodrigo Monteiro

Direção: Jorge Farjalla

Elenco: Carol Loback e Marcos Nauer

Dias da semana: Sábado, Domingo

Elenco Quando Ingressos Endereço