O ser humano e o mundo à sua volta em “Cores da Margem”, no Teatro Armando Gonzaga

Drama

Uma reflexão sobre a evolução do homem, suas incongruências, escolhas e decisões, confrontando-o com seus dilemas e conflitos, a sua busca incessante de tentar entender o mundo à sua volta, de dialogar com o meio ao qual interage, mesmo modificando-o, destruindo-o e recriando-o à sua maneira.

A margem, o limite do nosso eu o outro, o desconhecido, o que está em camadas, que não queremos entender e, simplesmente, o relevamos pelo nosso preconceito de sujeira no qual se inserem o abandono, a escassez e a falta de oportunidades.

Autoria: Leonardo Dias

Direção: Luiz Monteiro

Elenco: Carlos Muttalla

Dias da semana: Sexta, Sábado, Domingo

Elenco Quando Ingressos Endereço