Orquestra Sinfônica Cesgranrio se apresenta na Sala Cecília Meireles

Música

Desde 2015, a Orquestra SInfônica Cesgranrio cumpre o papel social de conduzir jovens músicos à vida dos sentidos, despertando o potencial artístico, não só do seu corpo dos músicos, mas também da plateia por ela sensibilizada.

Conduzida pelo Maestro Eder Paolozzi, a jovem Orquestra realiza um trabalho itinerante na busca por ocupar espaços ociosos da cidade, levando a música de concerto a novos ouvintes, de diversas idades e classes sociais.

Em seus primeiros anos de vida, a Orquestra Sinfônica Cesgranrio recebeu alguns importantes nomes da música brasileira em um intercâmbio artístico entre o erudito e o popular. Geraldo Azevedo, Yamandu Costa, Hamilton de Holanda e Criolo são alguns dos artistas que contribuíram para este trabalho de formação de plateia.

“A criação desta Orquestra é um sonho antigo e uma necessidade cultural. A música é uma forma de levar cultura a todos os nossos jovens e queremos oferecer esta chance especialmente aos alunos de escolas públicas, que não têm essa oportunidade no dia a dia. Nós vamos levar a música, através do virtuose desta orquestra, a escolas, universidades, centros culturais e teatros. É mais uma contribuição que a Cesgranrio traz para a cultura do estado do Rio de Janeiro”, explica Carlos Alberto Serpa, presidente da Fundação Cesgranrio.

Criada pela Fundação Cesgranrio com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento sociocultural da cidade, a Orquestra oferece formação musical e artística, proporcionando o desenvolvimento pessoal e criando oportunidades de profissionalização para jovens músicos.

Elenco: Orquestra Sinfônica Cesgranrio. Eder Paolozzi, regente. Sylvia Thereza, solista

Dias da semana: Sábado

Elenco Quando Ingressos Endereço