“Paulo Freire, o Andarilho da Utopia” celebra no Teatro Glaucio Gill legado de um pensador da educação

Drama

É a partir do legado que Paulo Freire deixou na mente e nos corações dos brasileiros que a peça derrama no palco a trajetória e os causos de um dos mais notáveis pensadores da história da educação mundial.

O espetáculo propõe uma reflexão, mostrando a sociedade e o planeta em constante mudança através da ótica Freiriana, misturando elementos das linguagens do teatro, do palhaço e do teatro de rua. Em todas as sessões, logo após a peça, acontece uma roda de conversa com o diretor e o ator do espetáculo, uma troca de ideias e ideais sobre o mestre patrono da educação brasileira.

É no interior de Pernambuco, à sombra de uma mangueira que a história começa. Um menino com um graveto na mão inicia o seu processo de leitura do mundo. É submetido a fome, assim como grande parte da população brasileira. Na fantasia, ele aparece no espetáculo, como um astronauta, um professor, um brasileiro com sonhos e fome de tudo.

Na Infância e juventude, outra fome ocupa o seu tempo: As palavras. E ele as devora como se elas fossem pedaços de comida. E essa foi a sua busca até a eternidade: as palavras. Através delas e com elas percorre territórios disseminando a sua pedagogia de ensino e revoluciona a educação mundial.

Movido pelo desejo de liberdade de si e dos outros, de justiça, igualdade, e superação dos obstáculos.

 

Autoria: Junio Santos

Direção: Luiz Antônio Rocha

Elenco: Richard Riguetti

Dias da semana: Segunda, Sexta, Sábado, Domingo

Elenco Quando Ingressos Endereço