Projeto FUNARJ Artes e Leitura circula saber e cultura com variedade de artistas e linguagens

Mostra

Começa nesta segunda-feira, 5 de novembro – Dia Nacional da Cultura, do Cinema Nacional e da Ciência –, o Projeto FUNARJ Artes e Leitura, festival de circulação de saber que reunirá criadores e pensadores do cenário cultural para fazer uma leitura criativa e acurada da vida contemporânea, por meio de diferentes tipos de linguagens artísticas.

É o primeiro projeto cultural elaborado pela Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro/FUNARJ desde 2007.

A lista de artistas convidados inclui a harpista Cristina Braga, o cantor Toni Garrido, a artista Clarice Niskier, o diretor Aderbal Freire Filho, o cantor Danilo Caymmi, o rapper Dudu de Morro Agudo e muitos outros.

O festival será realizado até 05 de dezembro em diversos espaços da FUNARJ, simultaneamente, como a Casa de Cultura Laura Alvim, o Teatro Glaucio Gill, o Teatro João Caetano, a Sala Cecília Meireles, o Teatro Armando Gonzaga e o Teatro Arthur Azevedo. O projeto também será levado a espaços da Secretaria de Estado de Cultura – como a Biblioteca Parque de Manguinhos e a Casa França-Brasil – e a algumas cidades da região metropolitana, entre elas São João de Meriti, Belford Roxo, Nova Iguaçu, Seropédica e Paracambi.

A programação inclui mesas de debates, oficinas de criação em diferentes linguagens artísticas, apresentações de músicos, cantores e compositores, peças teatrais, leituras dramatizadas e contação de histórias.

Segundo o idealizador do projeto e presidente da FUNARJ, Nelson Freitas, “o projeto tem como principal objetivo contribuir com a formação humana e a qualificação de educadores”, que terão direito a certificados de participação nos eventos. “É uma oportunidade única de celebrar e divulgar a cultura de nosso estado”, diz Nelson.

 

Programação da primeira semana do festival:

 

Segunda-feira, 05/11

Biblioteca Parque de Manguinhos

10h – Circo – Richard Righetti – “Bem Vindo”

“Bem Vindo” é um espetáculo brincadeira de circo teatro de rua que tem como tema a saga dos refugiados, dos itinerantes e andarilhos, suas desventuras em chegar a um lugar desconhecido, ser aceito e criar uma presença amigável.

 

Casa de Cultura Laura Alvim

20h – Teatro – Aderbal Freire Filho e grande elenco –“Vianninha conta o último combate do homem comum”

A peça de Oduvaldo Vianna Filho, escrita no início dos anos 1970, recebeu de Aderbal este novo título, que homenageia as lendárias montagens do Teatro de Arena, e destaca, como diz o diretor, “a grandeza desse personagem tão caro à dramaturgia da sua geração: o lutador anônimo, o homem comum”.

 

Terça-feira, 06/11

Biblioteca Parque de Manguinhos

10h - Musical Infantil – “Bossa Novinha – A festa do pijama”

O musical leva o público infantil a uma viagem por esse gêneros da música popular brasileira. As imagens e a poesia sugeridas nas canções é que inspiram as cenas e a utilização do recurso de manipulação de bonecos e objetos amplia o sentido de “brincadeira” com os elementos extraídos das letras das músicas.

15h – Teatro – – Aderbal Freire Filho e grande elenco –“Vianninha conta o último combate do homem comum”

A peça de Oduvaldo Vianna Filho, escrita no início dos anos 1970, recebeu de Aderbal este novo título, que homenageia as lendárias montagens do Teatro de Arena, e destaca, como diz o diretor, “a grandeza desse personagem tão caro à dramaturgia da sua geração: o lutador anônimo, o homem comum”.

 

Casa França-Brasil

18h – Música, literatura oral e debate –Encontro com a Arte e o Pensamento de Toni Garrido

Ex vocalista do Cidade Negra e ex-apresentador do Fama, da Rede Globo, o músico, ator e diretor de cinema Toni Garrido apresenta sua obra numa conversa com o público.

 

Casa de Cultura Laura Alvim

20h – Música – Jane Duboc e Jay Vaquer - 20h

 

Quarta-feira, 07/11

 

Teatro João Caetano

19h – Teatro – – Aderbal Freire Filho e grande elenco –“Vianninha conta o último combate do homem comum”

A peça de Oduvaldo Vianna Filho, escrita no início dos anos 1970, recebeu de Aderbal este novo título, que homenageia as lendárias montagens do Teatro de Arena, e destaca, como diz o diretor, “a grandeza desse personagem tão caro à dramaturgia da sua geração: o lutador anônimo, o homem comum”.

 

Teatro Glaucio Gill

20h - Música - Danilo Caymmi – Viva Caymmi

O espetáculo é uma homenagem ao grande Dorival Caymmi nos 10 anos de sua morte. A montagem, mais que levar as canções do músico baiano para o palco, conta suas histórias

 

Quinta Feira, 08/11

 

Casa de Cultura Laura Alvim

10h – Circo – Richard Righetti – “Bem Vindo”

Bem Vindo é um espetáculo brincadeira de circo teatro de rua que tem como tema a saga dos refugiados, dos itinerantes e andarilhos, suas desventuras em chegar a um lugar desconhecido, ser aceito e criar uma presença amigável.

 

19h – Teatro – “Ricardo-Um Homem do Seu Tempo”. Com Alexandre Gomes

 

Teatro Glaucio Gill

20h – Teatro – – Aderbal Freire Filho e grande elenco –“Vianninha conta o último combate do homem comum”

A peça de Oduvaldo Vianna Filho, escrita no início dos anos 1970, recebeu de Aderbal este novo título, que homenageia as lendárias montagens do Teatro de Arena, e destaca, como diz o diretor, “a grandeza desse personagem tão caro à dramaturgia da sua geração: o lutador anônimo, o homem comum”.

 

 

Sexta-feira, 09/11

 

Biblioteca Parque de Manguinhos

15h – Música, literatura oral e debate –Encontro com a Arte e o Pensamento de Toni Garrido

O cantor, compositor, ator, apresentador de TV, astro da música vai fazer uma conversa intimista com o público e cantar algumas canções que marcaram sua carreira.

 

Sábado, 10/11

 

Teatro Glaucio Gill

10h – Circo – Richard Righetti – “Bem Vindo”

“Bem Vindo” é um espetáculo brincadeira de circo teatro de rua que tem como tema a saga dos refugiados, dos itinerantes e andarilhos, suas desventuras em chegar a um lugar desconhecido, ser aceito e criar uma presença amigável.

 

Sala Cecília Meireles

20h – “O canto e o humor de Saulo Laranjeira”

 

Domingo, 11/11

 

Teatro Glaucio Gill

10h – Mímica – Jiddu Saldanha – “Por detrás do silêncio”

Espetáculo solo de mímica teatral inspirado em clássicos da mímica tradicional e contemporânea. Reflexões sobre vida cotidiana, profissões e relacionamento humano.

 

Segunda-feira, 12/11

 

Biblioteca Parque de Manguinhos

10h - Palestra – Dudu de Morro Agudo

Fundador da premiada organização de hip hop Instituto Enraizados, com 18 anos de atuação nas periferias do Brasil e do mundo, e que coleciona importantes premiações, o rapper Dudu de Morro Agudo conta como um jovem da Baixada Fluminense conseguiu criar uma organização de hip hop que tornou-se referência em todo o mundo e pode, assim, transformar a realidade dos jovens da sua comunidade.

13h Workshop RapLab – Dudu de Morro Agudo
O #RapLAB é uma prática desenvolvida pelo rapper Dudu para provocar a produção do conhecimento em rede, auxiliar no desenvolvimento cognitivo dos jovens usando o rap como um campo educacional que permite a produção do protagonismo da juventude. Na prática, significa que é um workshop, onde, num período de três horas, cerca de 20 jovens discutem determinado tema, compõem coletivamente, ensaiam e gravam um rap.

 

Casa da Cultura de Belford Roxo

10h - Música – Lucas Ciavatta - Oficina de Música para Crianças
A oficina "O Passo" trabalha para a construção de uma sólida base de ritmo e afinação. A partir d'O Passo você pode ir onde quiser ir.
Nesta oficina, trabalhando com palmas e voz, haverá espaço tanto para quem quer ter um primeiro contato com o método quanto para quem quer se aprofundar nele.

13h - Música – Lucas Ciavatta – Oficina de Música para Adultos

20h - Música – Danilo Caymmi - Viva Caymmi
O espetáculo é uma homenagem ao grande Dorival Caymmi nos 10 anos de sua morte. A montagem, mais que levar as canções do músico baiano para o palco, conta suas histórias

 

Teatro Arthur Azevedo

10h - Circo – Richard Righetti – Bem Vindo
“Bem Vindo” é um espetáculo brincadeira de circo teatro de rua que tem como tema a saga dos refugiados, dos itinerantes e andarilhos, suas desventuras em chegar a um lugar desconhecido, ser aceito e criar uma presença amigável.

13h Richard Righetti - Oficina de Palhaço

 

Teatro João Caetano

19h -  Música e humorismo – Saulo Laranjeira – “O canto e o humor de Saulo Laranjeira”
Considerado um dos maiores interpretes da nossa brasilidade, o menestrel Saulo Laranjeira faz uma apresentação singular, de risos e emoção. É um show de humor, interpretação, e criação, inspirado em canções que povoam nosso coração, entrecortado com ilustrações de seus personagens cênicos-humorísticos, como o deputado mais cativante da televisão brasileira, João Plenário. O espetáculo inclui canções brasileiras de compositores como Lenine, Renato Teixeira, Lô Borges, Pixinguinha, Vinícius de Moraes, Antônio Nóbrega, e Elomar Figueira Mello.

 

Terça-feira, 13/11

 

Casa de Cultura de Belford Roxo

20h - Música e humorismo – Saulo Laranjeira – O canto e o humor de Saulo Laranjeira
Considerado um dos maiores interpretes da nossa brasilidade, o menestrel Saulo Laranjeira faz uma apresentação singular, de risos e emoção. É um show de humor, interpretação, e criação, inspirado em canções que povoam nosso coração, entrecortado com ilustrações de seus personagens cênicos-humorísticos, como o deputado mais cativante da televisão brasileira, João Plenário. O espetáculo inclui canções brasileiras de compositores como Lenine, Renato Teixeira, Lô Borges, Pixinguinha, Vinícius de Moraes, Antônio Nóbrega, e Elomar Figueira Mello.

 

Teatro João Caetano

19h - Palestra – Toni Garrido – Encontro com a arte e o pensamento de Toni Garrido.

O cantor, compositor, ator, apresentador de TV, astro da música vai fazer uma conversa intimista com o público e cantar algumas canções que marcaram sua carreira.

 

 

Quarta-feira, 14/11

 

Biblioteca Parque de Manguinhos

10h - Infantil – José Mauro Brant – Contos, Cantos e Acalantos
Seguindo a trilha dos trovadores medievais, menestréis, cantadores nordestinos e repentistas, que há muito tempo já unem música à narração,
o ator e cantor José Mauro Brant, assume a figura ancestral do trovador e acompanhado do músico Tibor Fitell, e convida o público a interagir com as emoções e sentimentos que povoam o nosso folclore, fazendo do espetáculo uma diversão para crianças de todas as idades.

 

Casa da Cultura de Belford Roxo

10h - Mímica – Jiddu Saldanha – Por detrás do silêncio
Espetáculo solo de mímica teatral inspirado em clássicos da mímica tradicional e contemporânea. Reflexões sobre vida cotidiana, profissões e relacionamento humano.

13h - Mímica – Jiddu Saldanha – Oficina de Mímica

20h Palestra – Toni Garrido – Encontro com a arte e o pensamento de Toni Garrido.
O cantor, compositor, ator, apresentador de TV, astro da música vai fazer uma conversa intimista com o público e cantar algumas canções que marcaram sua carreira.

 

Teatro João Caetano

19h - Música – Danilo Caymmi – Viva Caymmi
O espetáculo é uma homenagem ao grande Dorival Caymmi nos 10 anos de sua morte. A montagem, mais que levar as canções do músico baiano para o palco, conta suas histórias

 

Quinta-feira, 15/11

 

Casa de Cultura Laura Alvim

10h - Mímica – Jiddu Saldanha – Por detrás do silêncio
Espetáculo solo de mímica teatral inspirado em clássicos da mímica tradicional e contemporânea. Reflexões sobre vida cotidiana, profissões e relacionamento humano.

15h - Infantil – José Mauro Brant – Contos, Cantos e Acalantos
Seguindo a trilha dos trovadores medievais, menestréis, cantadores nordestinos e repentistas, que há muito tempo já unem música à narração,
o ator e cantor José Mauro Brant, assume a figura ancestral do trovador e acompanhado do músico Tibor Fitell, e convida o público a interagir com as emoções e sentimentos que povoam o nosso folclore, fazendo do espetáculo uma diversão para crianças de todas as idades.

 

Sala Cecília Meireles

15h - Infantil – Ana Veloso e Cia – Bossa Novinha-A Festa do Pijama
O musical leva o público infantil a uma viagem por esse gêneros da música popular brasileira. As imagens e a poesia sugeridas nas canções é que inspiram as cenas e a utilização do recurso de manipulação de bonecos e objetos amplia o sentido de “brincadeira” com os elementos extraídos das letras das músicas.

20h - Música – Danilo Caymmi – Viva Caymmi
O espetáculo é uma homenagem ao grande Dorival Caymmi nos 10 anos de sua morte. A montagem, mais que levar as canções do músico baiano para o palco, conta suas histórias

 

Sexta-feira, 16/11

 

Casa da Cultura de Belford Roxo

20h - Música – Jane Duboc convida Jay Vaquer

 

Sala Cecília Meireles

20h - Música – Cristina Braga Trio – Harpa Brasileira
Cristina Braga, harpista e cantora, tem sido grande responsável pela divulgação de uma harpa brasileira de jazz no mundo. Com seu trabalho consistente mostrou que seu instrumento também tem alma popular, improvisando, tocando samba, choro, bossa, e participando de inúmeros projetos de música clássica e popular com a mesma desenvoltura. Cristina tem 18 discos gravados, alguns lançados também na Europa, Japão, Taiwan e EUA, e hoje em dia pelo mundo inteiro.

 

Teatro Arthur Azevedo

10h - Palestra – Dudu do Morro Agudo
Fundador da premiada organização de hip hop Instituto Enraizados, com 18 anos de atuação nas periferias do Brasil e do mundo, e que coleciona importantes premiações, o rapper Dudu de Morro Agudo conta como um jovem da Baixada Fluminense conseguiu criar uma organização de hip hop que tornou-se referência em todo o mundo e pode, assim, transformar a realidade dos jovens da sua comunidade.

 

13h - Workshop RapLab – Dudu do Morro Agudo
O #RapLAB é uma prática desenvolvida pelo rapper Dudu para provocar a produção do conhecimento em rede, auxiliar no desenvolvimento cognitivo dos jovens usando o rap como um campo educacional que permite a produção do protagonismo da juventude. Na prática, significa que é um workshop, onde, num período de três horas, cerca de 20 jovens discutem determinado tema, compõem coletivamente, ensaiam e gravam um rap.

14h Música – Danilo Caymmi – Viva Caymmi
O espetáculo é uma homenagem ao grande Dorival Caymmi nos 10 anos de sua morte. A montagem, mais que levar as canções do músico baiano para o palco, conta suas histórias

 

Sábado, 17/11

 

Sala Cecília Meireles

16h - Leitura cênica – Bianca Ramoneda e Pedro Luís - Matéria de Poesia
Ocupação "Matéria de Poesia" da obra de Manoel de Barros com Bianca Ramoneda, Pedro Luis e convidado, uma leitura cênica , com textos do poeta Manoel de Barros lidos e interpretados pelos atores.

De forma performática, os atores leem, interpretam e trabalham suas relações entre si e o espaço artístico de forma lúdica, trazendo o universo do poeta para cena, fazendo uma relação do espaço artístico com olhar do poeta.

 

20h - Música – Jane Duboc convida Jay Vaquer

 

Domingo, 18/11

 

Casa da Cultura de Belford Roxo

15h - Infantil – José Mauro Brant – Contos, Cantos e Acalantos
Seguindo a trilha dos trovadores medievais, menestréis, cantadores nordestinos e repentistas, que há muito tempo já unem música à narração,
o ator e cantor José Mauro Brant, assume a figura ancestral do trovador e acompanhado do músico Tibor Fitell, e convida o público a interagir com as emoções e sentimentos que povoam o nosso folclore, fazendo do espetáculo uma diversão para crianças de todas as idades.

19h - Palestra – Rodrigo Santos - Encontro com a arte e o pensamento de Rodrigo Santos
O cantor-compositor Rodrigo Santos é ex-baixista do Barão Vermelho, banda que foi integrante por 23 anos, Iniciou sua carreira solo em 2007, nas férias da banda. De lá pra cá já lançou 6CDs e 2DVDs.

 

Sala Cecília Meireles

10h - Infantil – Ana Veloso e Cia – Sambinha 1
O musical SAMBINHA deu início à premiada trilogia “Sambinha; Bossa Novinha-A Festa do Pijama e Forró Miudinho” e apresenta ao público infantil 16 sambas de importantes compositores que fizeram a história do gênero. Através da seleção de sambas de várias épocas e estilos, o espetáculo aproxima a criança e o jovem deste gênero musical que é uma das expressões mais marcantes de identidade cultural brasileira.

 

14h - Teatro – Aderbal Freire Filho – “Vianinha conta o último combate do homem comum”
A peça de Oduvaldo Vianna Filho, escrita no início dos anos 1970, recebeu de Aderbal este novo título, que homenageia as lendárias montagens do Teatro de Arena, e destaca, como diz o diretor, “a grandeza desse personagem tão caro à dramaturgia da sua geração: o lutador anônimo, o homem comum”.

19h - Leitura cênica – Pedro Luís com S
Ocupação "Matéria de Poesia" da obra de Manoel de Barros com Bianca Ramoneda, Pedro Luis e convidados, uma leitura cênica , com textos do poeta Manoel de Barros lidos e interpretados pelos atores.

De forma performática, os atores leem, interpretam e trabalham suas relações entre si e o espaço artístico de forma lúdica, trazendo o universo do poeta para cena, fazendo uma relação do espaço artístico com olhar do poeta.

Dias da semana: Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta, Sábado

Elenco Quando Ingressos Endereço