“Sujeito a Reboque” explora relações impessoais e desgaste emocional no Teatro Glaucio Gill

Drama

A peça aborda drama cotidiano sobre o crescimento da impessoalidade das relações, a partir de um carro rebocado.

Quem nunca se viu diante de uma situação burocrática que pode começar de forma incômoda e se transformar em uma sensação desesperadora? Conflitos, tentativas frustradas de resolução de um problema, estresse, relações interpessoais cada vez mais ameaçadas por sistemas operacionais – e pela falta de empatia.

Esse drama do cotidiano de tanta gente é representado pelo embate entre Antar, um homem que teve o seu carro rebocado, e o atendente do órgão que apreendeu o veículo. Um caso que poderia ser resolvido com um pagamento, ou em apenas poucas horas, mas que se torna um grande problema para os dois lados envolvidos.

Autoria: João Campany e Bernardo Dugin

Direção: Herton Gratto

Elenco: João Campany e Bernardo Dugin

Dias da semana: Quarta, Quinta

Elenco Quando Ingressos Endereço