‘Cartografia de Passagem-Entre Vazios’ reflete sobre a pandemia na plataforma FUNARJ EM CASA

O espetáculo teve sua investigação iniciada no curso de Mestrado em Artes Visuais da UFRJ (2014). Como instalação sonora, foram dispostos 100 copos de vidro e, no teto, 100 garrafas furadas no fundo, com água. No decorrer da performance, as ações aconteciam na rítmica de gotas d’água que caiam do teto nos copos de vidro […]


O espetáculo teve sua investigação iniciada no curso de Mestrado em Artes Visuais da UFRJ (2014).

Como instalação sonora, foram dispostos 100 copos de vidro e, no teto, 100 garrafas furadas no fundo, com água. No decorrer da performance, as ações aconteciam na rítmica de gotas d’água que caiam do teto nos copos de vidro e, assim, sonorizavam o espaço do acontecimento, ao transformar o tempo dos corpos em movimento.

No palco do Teatro Glaucio Gill, onde foi gravada esta apresentação, foram dispostos 70 copos de vidro, e, no teto, 70 garrafas, que pingam gotas nos copos. A sonoridade se dá ao som das gotas, ao acaso, e na interferência dos sons compostos, ao vivo, pelo performer, ator e músico Fernando Alves Pinto, com direção e composição coreográfica da performer, atriz e bailarina Daphne Madeira.

O espetáculo propõe uma reflexão sobre os vazios que estamos enfrentando no momento pandêmico, e a poesia disso para a constituição de um mundo que está sendo gestado, em silêncio, na virtualidade.

Está disponível, ‘on demand’, na plataforma online FUNARJ EM CASA.

SERVIÇO:

Disponível até 1 de setembro de 2021 na plataforma online FUNARJ EM CASA.

Autoria e direção: Daphne Madeira.

Elenco: Felipe Padilha, Flávio Arco-verde, Thiago Nunes, Thiago Oliveira.

Classificação indicativa: Livre.

Ingressos à venda no site da Sympla.