Reabertura da Casa de Euclides da Cunha
cec

 

 

O dia 16 de junho foi marcado pela cerimônia de reabertura da Casa de Euclides da Cunha, um espaço da Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro na cidade de Cantagalo, localizada na região Serrana do Rio de Janeiro. Agora em pleno funcionamento, a casa está aberta para visitação de segunda-feira a sexta-feira, das 09h00 até as 16h00.

 

O evento contou com a presença das autoridades do estado e marcou um importante passo para a cultura fluminense, com a retomada das atividades do local que conta com robusto acervo de reproduções de documentos, desenhos e peças ligadas à vida e obra do escritor Euclides da Cunha, além das primeiras edições dos livros “Os Sertões” e “Contrastes e Confrontos”.

 

cec

 

Na oportunidade, como somatório de forças, antes do evento de reabertura da casa foi realizada uma sessão especial do projeto Cine Tela FUNARJ, que visa levar aos espaços difusão cinematográfica, de forma itinerante e com formação de plateia, através da elaboração e realização de sessões de cinema gratuitas em praças e logradouros públicos.


 

cec

 

A Casa de Euclides da Cunha, criada pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro em 1965, é referência em Cantagalo, constituindo o único centro cultural da cidade. A casa, para além do extenso material, também possui uma curiosidade de Euclides: o encéfalo do autor. Ele foi guardado, inicialmente, para a realização de pesquisas, já que o funcionamento desta região do cérebro ainda é um mistério para os cientistas. Hoje, ele se encontra em um túmulo no local. 

 

 

 

 

Casa de Euclides da Cunha