Marcelo Caldi Trio combina sanfona com choro na Sala Cecília Meireles

Música

O show “Tem sanfona no choro”, de Marcelo Caldi, amplia as fronteiras da música, revelando a influência da sanfona nordestina num gênero tipicamente carioca, realçando os inusitados caminhos do instrumento de fole no Brasil e mostrando o lado genial de grandes instrumentistas como Luiz Gonzaga, Sivuca e Dominguinhos, entre outros. O espetáculo valoriza o suingue dançante e característico dos ritmos sertanejos, ao mesmo tempo em que destaca o virtuosismo e a interpretação singular de Marcelo Caldi, reconhecidamente um dos mais importantes acordeonistas e compositores de sua geração.

Desde o início da carreira, há 17 anos, Caldi vem se dedicando a pesquisar e experimentar as zonas limiares dos diversos estilos e tendências, o forró e o choro, o xote e o maxixe, o tango e o baião, o clássico e o popular… O resultado é um diálogo inovador junto aos precursores do chamado “choro nordestino”, sem dispensar naturalmente as pitadas contemporâneas de jazz; e muito improviso. É o que podemos escutar em peças emblemáticas desse repertório como “Cada um torce como pode” e “Cabaceira mon amour”, de Sivuca, e “Princesinha no Choro” e “Nilopolitano”, de Dominguinhos.

Este espetáculo faz parte da Série Olímpica. São apresentações de samba de todos matizes, bossa-nova, choro, forró e baião, o Brasil inteiro no palco da Sala, em contribuição aos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro.

Elenco: Marcelo Caldi Trio: Marcelo Caldi, sanfona e voz; Fábio Luna, flauta e bateria; Rogério Caetano, violão de 7 cordas

Dias da semana: Sábado

Elenco Quando Ingressos Endereço