“MPB-A Era dos Festivais”, uma celebração na Sala Cecília Meireles

Música

O espetáculo celebra o repertório que marcou a geração dos anos 1960, quando o país revelou talentos como Elis Regina, Milton Nascimento, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Edu Lobo e outros.

Com direção musical do compositor carioca Edu Krieger, a mostra leva ao palco Soraya Ravenle, a primeira-dama dos musicais brasileiros, revivendo o áureo nascimento da MPB em músicas que mantêm sua força no imaginário brasileiro e oferecem uma resposta de paz e diálogo aos tempos atuais. A apresentação revela a atualidade das canções nascidas há cinco décadas e a importância da preservação desse legado, que se tornou referência matriz para toda a produção da MPB desde então.

No roteiro, destacam-se sucessos como “Arrastão” (Edu Lobo e Vinícius de Moraes), “A banda” (Chico Buarque), “Disparada” (Geraldo Vandré e Theo de Barros), “Ponteio” (Edu Lobo e Capinam), “Alegria, alegria” (Caetano Veloso), “Pra não dizer que não falei de flores” (Geraldo Vandré) e “Fio maravilha” (Jorge Ben Jor), entre vários outros. Os arranjos são assinados por Marcelo Caldi, um dos mais reconhecidos da nova geração brasileira. Soraya Ravenle, por sua vez, se vale não somente do talento vocal, mas também da maestria cênica para “passear” pelas intérpretes da MPB dos anos 1960, como Elis Regina, Gal Costa e Maria Alcina.

Elenco: Soraya Ravenle, voz. Marcelo Caldi, teclados, acordeon e voz. Fabiano Salek, percussão. PC Castilho, sopros. Edu Krieger, idealização, direção musical, pesquisa, violão e voz

Dias da semana: Sexta

Elenco Quando Ingressos Endereço