Na Sala Cecília Meireles, o encontro do Coull Quartet com a pianista Clélia Iruzun

Música

Um dos mais conceituados quartetos de corda da atualidade apresenta com a grande pianista brasileira Clélia Iruzun obras de Haydn, Schumann, Mignone.

Formado em 1974 por estudantes da Royal Academy of Music, o Coull Quartet rapidamente alcançou reconhecimento nacional e recebeu a nomeação de Quarteto em Residência da Universidade de Warwick, em 1977, um cargo que o conjunto mantêm ainda hoje. O Quarteto, que inclui dois de seus membros fundadores, tem se apresentado em concertos e também em transmissões de rádio por todo o Reino Unido, além da Europa Ocidental, as Américas, Austrália, China, Índia e Extremo Oriente. Desde meados da década de 1980, o Coull Quartet fez mais de 30 gravações com uma ampla seleção do repertório, desde os quartetos de Mendelssohn e Schubert até a música de câmara britânica do século XX e contemporânea.

A feliz junção do colorido espírito brasileiro e musicalidade espontânea firmou a brasileira radicada em Londres, Clélia Iruzun, como uma das artistas mais interessantes, no cenário mundial, nos últimos anos. Clélia estudou na Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro e na Royal Academy of Music, onde se graduou com o Recital Diploma e diversos prêmios. Ela também trabalhou com pianistas de prestígio como Nelson Freire, Jaques Klein, Stephen Kovacevich e Fou Ts’Ong e com a famosa professora brasileira Mercês de Silva Telles em Paris. Ela ganhou prêmios importantes no Brasil e em competições internacionais, como Tunbridge Wells, no Reino Unido e Santander e Zaragoza, na Espanha.

Elenco: Coull Quartet (Roger Coull, violino; Philip Gallaway, violino; Jonathan Barritt, viola; Nicholas Roberts, violoncelo) e Clélia Iruzun, piano

Dias da semana: Sexta

Elenco Quando Ingressos Endereço