Na Sala Cecília Meireles, mais uma noite com a música de Schubert

Música

Duas grandes importantes obras de câmara de Schubert compõem o programa deste concerto: o Trio em Si Bemol Op. 99 e o ambicioso Octeto em Fá Maior.

O Trio para Piano em Si Bemol D.898, que abre a noite, marca o retorno de Schubert à escrita para conjuntos, após um hiato de 15 anos, e mostra o compositor totalmente consciente de seu poder criativo: trata-se de um dos mais geniais trios para piano desde o Trio “Arquiduque”, de Beethoven. Sonia Rubinsky, piano, Ana de Oliveira, violino e Marcus Ribeiro, violoncelo são os convidados para interpretar esta obra.

Na segunda parte, teremos o Octeto em Fá Maior, D. 803. Esta é a obra de câmara de instrumentação mais ambiciosa que Schubert já escreveu. Novamente, influenciado por Beethoven, Schubert compôs octeto como exercício de preparação para sua primeira sinfonia. O resultado é um glorioso octeto com permeado de temas alegres e jocosos. Interpretando o Octeto, teremos o Ensemble Sinfônico.

Elenco: Sonia Rubinsky, piano; Marcus Ribeiro, violoncelo; Ana de Oliveira, violino. Octeto da OSB (violino, viola, cello, baixo, sopros): Anna Zelianodjevo, violino; Vladimir Yosifov, violino; Victor Botene, viola; Lisiane de los Santos, violoncelo; Waldir Bertipaglia, contrabaixo; Márcio Costa, clarinete; Thiago Rodrigues, trompa; Felipe Destéfano, fagote

Dias da semana: Sábado

Elenco Quando Ingressos Endereço