Orquestra Sinfônica da UFRJ à frente do XXIX Panorama da Música Brasileira Atual na Sala Cecília Meireles

Música

O pianista e professor Giulio Draghi deve sua formação pianística a Lia Gualda de Sá, Jacques Klein e Glória Maria da Fonseca. Tendo recebido posteriormente orientação de Myriam Dauelsberg, Ivan Davis e Frank Cooper, recebeu o título de Doctor in Musical Arts da Universidade de Miami com tese sobre a inédita versão de Carl Tausig para piano solo da Sinfonia Fausto de Liszt. Premiado em diversos concursos nacionais de piano, tem atuado regularmente como recitalista e solista das mais importantes orquestras sinfônicas do país. Apresentou em 2015 a integral dos Estudos de Chopin para piano em seis diferentes cidades do Brasil e Estados Unidos, tour de force que culminou no registro ao vivo em DVD no Brasil.

Doutor em Música pela UNIRIO, Hugo Pilger é professor de violoncelo desta universidade, primeiro violoncelo da OPES, membro do Trio Porto Alegre. Sua discografia inclui os CDs Hugo Pilger interpreta Ernani Aguiar – 2016 (melhor Intérprete Erudito e Álbum Erudito no Prêmio Açorianos de Música 2016), Ernst Mahle, a integral para violoncelo e piano – 2017 e Presença de Villa-Lobos na Música Brasileira para violoncelo e piano, vol. I – CD duplo, DVD e BluRay – 2013 (finalista do Prêmio da Música Brasileira de 2015) e vol. II – CD duplo – 2017 (finalista do Prêmio Açorianos de Música 2017). Recebeu o Prêmio Profissionais da Música 2018 na categoria Instrumentista Erudito. É autor do livro Heitor Villa-Lobos, o violoncelo e seu idiomatismo.

Elenco: Orquestra Sinfônica da UFRJ. André Cardoso, regência. Giulio Draghi, piano. Hugo Pilger, violoncelo

Dias da semana: Segunda

Elenco Quando Ingressos Endereço