Os “Encontros” de Arthur Dutra e Zé Nogueira na Sala Cecília Meireles

Música

Primeiro disco do duo formado pelo compositor e vibrafonista Arthur Dutra e pelo saxofonista Zé Nogueira, “Encontros” permite muitas associações. E promove mais encontros, de gerações, culturas e com outros instrumentistas que também têm a música sem limites como foco.

Ao lado da dupla, o contrabaixista Bruno Aguilar completa a formação de trio que gravou todo o álbum, com pontuais participações especiais. São 11 (longas e viajantes) faixas, quatro delas com três convidados que se alternam: Guinga (voz), Lorrah Cortesi (voz) e Marcos Suzano (percussão). Para o show na Sala, a dupla contará com a participação especial de Guinga e Zé Renato.

Arthur Dutra, 38 anos, também formado em Ciências Sociais, com mestrado em Filosofia, se iniciou na música como baterista e, em 1999, lançou seu primeiro disco, “Projeto Timbatu”. Entre 2002 e 2006, estudou em Nova York com, entre outros, Mike Mainieri, vibrafonista que despontou no jazz fusion e virou referência para o instrumento.

Aos 60 anos, o instrumentista, produtor de discos e curador de festivais de jazz Zé Nogueira faz música desde o fim da década de 1970. Ele já lançou dois discos solo instrumentais, o primeiro, “Disfarça e chora”, saiu em 1996; o segundo é o já citado tributo a Guinga, “Carta de Pedra”. Nas últimas quatro décadas, tocou ao vivo e gravou com os principais artistas da MPB e do instrumental.

Elenco: Arthur Dutra, vibrafone; Zé Nogueira, sax; Bruno Aguilar, baixo. Participação especial: Guinga e Zé Renato, violões e voz.

Dias da semana: Quinta

Elenco Quando Ingressos Endereço