Roberto Rutigliano apresenta na Sala Cecilia Meireles um encontro musical entre Argentina e Brasil

Música

O repertório propõe novas leituras das composições que abrangem o universo da música de câmara brasileira, do tango e apresenta ainda músicas autorais de Rutigliano.

Roberto Rutigliano, baterista argentino residente no Brasil há 30 anos, é compositor, arranjador e líder de vários projetos instrumentais. Rutigliano chegou ao Brasil em 1988 e desde então divide o palco com alguns dos maiores nomes da música instrumental do Rio de Janeiro e de Buenos Aires, sua cidade natal. No Rio, tocou com Odette Ernest Dias por mais de 10 anos e gravou com o grupo Xekerê três discos instrumentais; atualmente, desenvolve um trabalho em duo de música de câmara com Fernanda Canaud e participa ativamente na cena do jazz carioca. Junto com Nivaldo Ornelas desenvolve o projeto “Afro Coltrane” e, ao mesmo tempo, realiza o projeto

“Tango Jazz”. Com este último grupo gravou em 2017 o disco “Tango Jazz” que está na playlist do spotify brasileiro e é concorrente ao prêmio Grammy.

Nesta noite, Rutigliano se apresenta em trio com a pianista Fernanda Canaud junto ao violonista Caio Márcio e com o grupo Tango Jazz. O repertório propõe novas leituras das composições que abrangem o universo da música de câmara brasileira, do tango e apresenta ainda músicas autorais de Rutigliano.

Elenco: Trio: Roberto Rutigliano, bateria; Fernanda Canaud, piano; Caio Marcio, violão. Tango Jazz: Alexandre Carvalho, guitarra; Facundo Estefanell, contrabaixo; Roberto Rutigliano, bateria; Marcelo Martins, sax

Dias da semana: Sexta

Elenco Quando Ingressos Endereço