Silvério Pontes e coletivo Choro na Rua na Sala Cecília Meireles

Música

O coletivo Choro na Rua nasceu espontaneamente na Rua do Rosário, em dezembro de 2016, em frente à extinta livraria Al-Farabi, no lançamento do livro sobre a dupla Zé da Velha & Silvério Pontes. A roda, que aconteceu na rua e cujo vídeo teve mais um milhão de visualizações nas redes sociais, fez com que um núcleo de músicos percebesse que havia demanda por esse tipo de música fora dos ambientes formais. A proposta do conjunto é levar a magia da roda de choro para um público maior, fazendo balançar e sorrir, ocupando e requalificando espaços urbanos e fortalecendo esse riquíssimo traço de nossa identidade cultural. O Rio de Janeiro com sonhamos e que gostaríamos de mostrar para aos que nos visitam.

Desde março de 2017, o “Choro na Rua” tem acontecido em diferentes espaços, conseguindo atingir um público que vai desde aficionados do choro até o simples passante. Da terceira idade até a criançada.

Apresentando uma formação flexível, capaz de acomodar as agendas de seus solicitados músicos participantes, o coletivo coloca em prática o a essência da roda de choro: liberdade por princípio, compartilhamento por base e alegria por fim.

Dias da semana: Sábado

Elenco Quando Ingressos Endereço