Trio de Câmara Brasileiro toca Canhoto da Paraíba na Sala Cecília Meireles

Música

Formado pelo violonista Caio Cezar, o bandolinista Pedro Amorim e o cavaquinista Alessandro Valente, o Trio de Câmara Brasileiro dedica-se à pesquisa e criação de um repertório popular de concerto. Em 2010, o grupo lançou o CD “Saudades de Princesa” (Crioula Records/Petrobras), dedicado à obra do violonista e compositor Canhoto da Paraíba, um dos mais originais representantes da linguagem violonística brasileira. Fazendo jus à sofisticação da obra de Canhoto, o disco apresenta uma inédita leitura camerística dos seus choros, valsas, baiões, xotes e frevos. Com esse trabalho, o grupo venceu em 2011 o 22º Prêmio da Música Brasileira na categoria Melhor Grupo Instrumental.

A partir desse encontro em torno da obra de Canhoto da Paraíba, os três músicos uniram suas experiências artísticas e profissionais, apresentando-se desde então em importantes projetos e festivais pelo Brasil, entre os quais se destacam a série Música nas Estrelas (RJ/2003), o Projeto Pixinguinha (Salvador, Recife, João Pessoa, Campina Grande, Natal e Fortaleza/2003), a MIMO (Mostra Internacional de Música em Olinda/2009), a Festa da Música (BH/2010) e o World Outgames (Dinamarca/2009). Ainda em 2010 e sob o patrocínio da Petrobras, realizaram a turnê nacional de lançamento do CD nas cidades de Salvador, Recife, João Pessoa, São Paulo, Curitiba, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Brasília.

Este espetáculo faz parte da Série Olímpica. São apresentações de samba de todos matizes, bossa-nova, choro, forró e baião, o Brasil inteiro no palco da Sala, em contribuição aos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. 

Elenco: Caio Cezar, violão; Pedro Amorim, bandolim; Alessandro Valente, cavaquinho

Dias da semana: Quinta

Elenco Quando Ingressos Endereço