Violinistas do Conservatório de Sydney na Sala Cecília Meireles

Música

Fundado em 1915, o Conservatório de Música de Sydney é a principal instituição de educação musical na Austrália e oferece Bacharelado e Mestrado em Música, além de um programa de Doutorado em Artes Musicais para instrumentistas, cantores, regentes, musicólogos, compositores e educadores musicais.
Esta é a terceira vez que o violinista e professor Ole Bohn viaja para o Brasil com seus alunos e a primeira vez que se apresentarão no Rio de Janeiro. Ole Bohn é uma figura conhecida em todo o país, onde já ministrou aulas para diversos músicos e se apresentou em vários festivais ao longo dos últimos 25 anos.
Vencedores de prêmios em várias competições na Austrália, os músicos representam a mais refinada geração de jovens artistas, e apresentarão aqui obras para violino e piano de Strauss, Ravel, Sibelius, Kreisler, Khatchaturian e Scriabin.


12h30

Richard Strauss:
Sonata em mi bemol maior, opus 18
- Allegro ma non troppo
- Improvisação: Andante Cantabile
- Finale: Andante – Allegro

Victor Avila, violino
Paul Cheung, piano

Fritz Kreisler:
Recitativo e Scherzo-Caprice

Jasmine Tan, violino

Alexander Scriabin:
2 Estudos opus 8, números 11 e 12

Paul Cheung, piano

Maurice Ravel:
Tzigane

Grigoras Dinicu/Jascha Heifetz:
Hora Staccato

Alexander Chiu, violino
Paul Cheung, piano


18h30


Aram Khachaturian:
Allegro con fermezza, do Concerto para Violino e Orquestra

Toby An, violino
Paul Cheung, piano

Jean Sibelius:
Concerto para Violino e Orquestra, Opus 47
- Allegro moderato
- Adagio di molto
- Allegro ma non troppo

Wendy Kong, violino
Paul Cheung, piano

Dias da semana: Sexta, Sexta

Elenco Quando Ingressos Endereço