Rogéria e Thiago Lacerda em leitura dramática no Gabinete de Leitura Guilherme Araújo

O coletivo Alma Não Tem Cor, formado em 2014 a partir de Oficinas Práticas de Teatro nas Bibliotecas Parque da Rocinha e do Alemão, fará leitura dramática da peça Viúva, Porém Honesta, de Nelson Rodrigues, hoje, 20/04, às 19h30, no Gabinete de Leitura Guilherme Araújo, em Ipanema. A entrada é franca.

A leitura, a primeira dentro do ‘Ciclo de Leituras Nelson Rodrigues’ que o grupo promove no espaço, contará com participações especiais do ator Thiago Lacerda e da atriz e transformista Rogéria, nos papéis de Dr. JB, um importante jornalista, e Madame Cri Cri, uma cafetina, respectivamente.

A peça, uma comédia farsesca que se revelou um divisor de águas na obra do autor – e também na dramaturgia brasileira – ao criar um teatro que passaria a ir além da comédia de costumes, dos dramalhões e do teatro musi­cado do século XIX, é uma das contribuições de Nelson Rodrigues para a compreensão da sociedade brasileira. O texto é composto de personagens que continuamente fingem ser o que não são. Todos, os médicos, os jornalistas, o travesti, a tia, a ex-cocote, o padre, e a própria viúva, apresentada como “honesta”, usam do seu saber e de sua posição para finalidades que não podem confessar, num enredo em que todos se igualam na hipocrisia.

Com direção de Rose Abdallah, atriz e diretora da Cia. Fodidos Privilegiados, fundada pelo falecido diretor Antonio Abujamra, o elenco desta leitura é formado por Stella de Paula, Gustavo Alves, Elvis Fidele, Paulo Telles, Nicolas Cabaneco, Rafael Millon, Rose Firmino, Andre Martins, Raul Baldi, Jessica Secco e Paulo Rocha.